Cobrança por produtividade e o esgotamento mental

Estudos comprovam que a cobrança excessiva por produtividade e resultados podem aumentar casos de ansiedade e depressão. O Brasil ocupa uma posição de destaque nesse contexto. Estima-se que a maior taxa de depressão do continente latino-americano está entre os brasileiros, impactando cerca de 12 milhões de pessoas. 

 

Essa exaustão, em muitos casos, é consequência do excesso de cobrança por produtividade. O mundo corporativo hoje em dia está assim, sugando e provocando a darmos sempre mais. Esse excesso de trabalho, aliado à cobrança pela alta produtividade, são algumas das variáveis que podem desencadear problemas psíquicos, como a ansiedade. 

 

Em um ano marcado pela pandemia do coronavírus, o tempo de trabalho e descanso se misturam. Trabalhamos em casa e ficamos em casa, o tempo de “não trabalho” basicamente deixa de existir. Busca-se sempre a superprodução, o super desempenho, a super comunicação e esse excesso de informações que recebemos diariamente causa,  involuntariamente, a exaustão.

 

Adotar medidas que aliviam a tensão e melhoram o bem-estar físico e mental é uma ótima alternativa para prevenir essas doenças e promover a qualidade de vida. Estar com o corpo em movimento é uma maneira de diminuir os riscos de desenvolvimento de doenças psíquicas e cardíacas. 




Autor: Leonardo
Data: 23/09/2021 12:20:25
ClubeAzul.org.br | E-mail: atendimento@clubeazul.org.br | Contatos: (21) 3916-7277 Rio de Janeiro 4020-1610 (capitais e regiões metropolitanas)